Jair Bolsonaro é o novo presidente do Brasil

Publicado em: 28/10/2018 | 20:24

Jair Bolsonaro (PSL) é o 42º presidente da República do Brasil com mais de 55% dos votos neste domingo (28), dia de decisão do segundo turno das eleições. O capitão reformado do Exército foi confirmado vencedor às 19h21 com 94,44% das urnas apuradas e um número de mais de 55 milhões de votos. O petista Fernando Haddad ficou para trás com menos de 45% dos votos. O resultado já vinha sendo apontado por todas as pesquisas de intenção de voto do segundo turno.
Com discurso conservador, candidato do PSL alcançou mais de 55,2 milhões de votos, contra 44,1 milhões de Haddad. Brancos e nulos somaram 9% na votação deste domingo, que contou com a participação de mais de 147 milhões de eleitores em todo o País e no exterior.
"Meu muito obrigado pelo apoio, pela consideração, pelas orações e pela confiança. Vamos juntos mudar o destino do Brasil. Sabíamos para onde estávamos indo, e sabemos para onde queremos ir", disse Bolsonaro em transmissão feita pelas redes sociais logo após a confirmação do resultado da votação".

Bolsonaro prometeu constituir um governo com pessoas que têm o "propósito de transformar o Brasil em uma grande, livre e próspera nação". "Nunca estive sozinho. Sempre senti a presença de Deus e a força do povo brasileiro. Faço de vocês minhas testemunhas de que esse governo será um defensor da Constituição, da democracia e da liberdade", afirmou.
O novo presidente deve viajar ainda hoje para Brasília . Isso porque, de acordo com a Constituição Federal, a segurança do presidente brasileiro é de responsabilidade do Gabinete de Segurança Instituicional (GSI) e, em sua casa no Rio de Janeiro, o candidato não estaria seguro. 
A vitória do capitão da reserva do Exército encerra a sequência de quatro eleições seguidas vencidas pelo Partido dos Tralhadores e se dá após uma campanha marcada por  ataque a faca sofrido pelo candidato durante comício em Juiz de Fora (MG). O atentado levou Bolsonaro a ser submetido a duas cirurgias e a passar 23 dias internado. Suas condições de saúde o obrigaram a  deixar a agenda de eventos públicos e a concentrar sua campanha nas redes sociais.
Bolsonaro chega ao Palácio do Planalto após conquistar um eleitorado identificado com ideais de direita e conservadores. Sob o lema "Brasil acima de todos, Deus acima de tudo", o deputado federal apostou em discursos em defesa da família, da fé, e de combate à corrupção e à criminalidade para chegar à Presidência.
 
 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.